CINEMA NA ESCOLA: BIG FISH é considerado um "MÁGICO DE OZ" moderno




GOSTOU DO TRAILER? ENTÃO LEIA OS TEXTOS PRODUZIDOS PELA 
6ª 01  E CORRA PRA LOCADORA! Eduard Bloom, ó PEIXE GRANDE, nos mostra a arte de encantar com histórias..



POR QUE BIG FISH DEVE SER ASSISTIDO?
Paloma, Juliano, Tainara

       São muito boas as histórias que Eduard Bloom conta sobre sua vida. São muito boas, porém, algumas imaginárias. É uma bela história de amor, aventura e comédia: tudo junto de um jeito divertido. Temos certeza de que qualquer um ao assistir não vai se arrepender, pois é um filme que estimula a criatividade das pessoas e incentiva a usar a imaginação para criar histórias e deixá-las mais agradáveis e saborosas. O filme também é cheio de mistérios que envolvem as pessoas com os acontecimentos da vida de Eduard Bloom quando era jovem. O filme também emociona com fatos da vida de Eduard Bloom. Por tudo isso recomendamos que assistam ao filme de Tim Burton.


DIFERENTES MANEIRAS DE CONTAR HISTÓRIAS
Patrícia Bayer

O filme traz uma reflexão que nos mostra que uma historia pode ser contada com um detalhamento que traz mais sabor à narrativa. É o floreio que nos faz querer prestar atenção e gostar da história. Percebemos que várias histórias podem ser contadas cheias de encantamento e nem tudo é mentira, simplesmente detalhes que trazem um sabor todo especial.



EDUARD BLOOM E O RETORNO À INFÂNCIA
Tainara

      O filme faz lembrar a nossa infância porque é cheio de fantasias, mistérios e curiosidades. Mexe com a imaginação das pessoas. Tudo por conta das histórias que Eduad Bloom contava para seu filho, Willian Bloom. Coisas impossíveis de acontecer na vida real, como por exemplo: as pessoas de Spector, o gigante, a bruxa, etc...


A MORTE FANTASIOSA DE EDUARD BLOOM
Ana Maria Anacleto Dos Santos e Henrique Figueiredo Limas

       Willian Bloom acorda da cadeira do quarto do hospital e vê que seu pai estava bem, com uma boa aparência. Eduard Bloom fala para Willian que quer sair do hospital, mas seu filho Willian diz que seu pai não está em condições. Eduard Bloom insiste para que o filho pegue a cadeira de rodas. Willian coloca seu pai na cadeira ajudando-o a subir e eles saem apressados. Muitos enfermeiros tentam impedi-los de fugir, mas não conseguem pois Sandra e Josefine, sabendo da intenção de Willian em levar o pai ao rio, atrapalham os enfermeiros.
       Eduard Bloom e Willian saem pela porta da frente e correm para o carro. Willian pega Eduard no colo e vê que misteriosamente o pai está mais leve: Willian nem acredita! Eduard Bloom fica com sede e pega uma garrafa de água e se molha todo, afinal ele é um Big Fish. Willian pergunta pra onde deve levá-lo e seu pai responde que para o rio. Eles pegam outra rua para evitar a lentidão das pessoas que vão à igreja porque geralmente quando as pessoas estão indo para a igreja dirigem muito devagar. Andam pela contra mão desviando de muitos carros pela ponte.
       O gigante karl aparece para ajudar seu velho amigo Eduard Bloom e Willian parece acreditar que todas as hístorias de seu pai são verdadeiras. Quando chegam ao rio descobrem que todas as pessoas citadas por Eduard Bloom já estavam lá. O melhor de tudo lá é que não tem ninguém triste. Lá todos ficam felizes ao ver o grande contador de histórias Eduard Bloom e poderem se despedir. Eduard Bloom se despede de todos e Willian o leva para o rio. Lá está Sandra Bloom, sua amada. As últimas palavras de Eduard Bloom foram para Sandra Bloom:

Minha Garota

Do

Rio

Eduard Bloom vira um
Grande Peixe.


O GIGANTE
Erick, Eduardo e Adriano

       Um dia, numa cidade pequena onde um homem chamado Eduard Bloom morava, aconteceu uma tragédia muito gigante: as pessoas apavoradas viram nas paredes de seus celeiros uma marca de um gigante de mais ou menos QUATRO metros de altura. Era um gigante tirando o sossego da cidade.
       Eduard Bloom decidiu falar com o gigante. Chegando lá, viu que era um homem bom e que ele invadia as fazendas porque estava sempre faminto. Corajosamente, decidiu falar com o gigante e convenceu-o a ir embora. Eduard Bloom recebeu a chave da cidade para voltar quando quisesse e foi embora com o gigante para garantir uma vida melhor ao homem. Foram para uma cidade maior.
       Certo dia Eduard Bloom foi ao circo com o gigante. Assistiam a um espetáculo de mágica e assim que acabou o espetáculo, Eduard mandou o responsável pela luz virar o holofote em direção ao seu amigo, para ver seu parceiro quase virar famoso. Quando acenderam as luzes todo o circo parou para ver aquela pessoa diferente. Foi nesse momento que Eduard Bloom encontrou a mulher que esperou a vida inteira. Olhavam um para o outro sem piscar e enquanto estavam olhando um para o outro o circo começou a andar muito rápido para recuperar o tempo que havia parado durante o olhar. Eles se perderam um do outro e Eduard quando soube que aquela mulher vinha muitas vezes ao circo, pediu para trabalhar lá. Tudo para conhecer mais sobre a mulher da sua vida. E não queria salário, trabalhava em troca de informações.
       Certo dia ele começou a trabalhar e em cada mês que passava ele ganhava uma informação de como ela era. Ficou sabendo, por exemplo, que ela gostava da flor narcisos e que ela iria para a universidade. Trabalhou e trabalhou, fez muitos amigos e foi embora do circo atrás da mulher assim que conseguiu informação suficiente. Ele levou flores na casa dela, mas ela disse que estava noiva. No outro dia ele fez um canteiro cheio da flor narcisos.


ENTRE A REALIDADE DE EDUARD BLOOM E A FICÇÃO DAS HISTÓRIAS
QUE ELE CONTAVA (Gêmeas Siamesas)
Gabrielle e Ana Paula.

       Eduard Bloom estava numa missão de guerra como espião representado os Estados Unidos quando caiu de pára-quedas num acampamento onde estava havendo um teatro. Então, Eduard se escondeu no camarim das gêmeas que estavam se apresentando. Quando elas chegaram ao seu camarim tomaram um grande susto. Ele implorou para que elas não chamassem os vietnamitas e começou a contar o que estava havendo. Eduard disse que precisava diminuir o tempo de trabalho para logo se encontrar com Sandra, a mulher com quem tinha se casado, por isso se arriscava fazendo operações de grande risco. Disse que em troca de informações as levaria para o seu país para que elas fizessem grande sucesso como artistas. Elas acabaram conseguindo um emprego em um circo porque elas eram gêmeas siamesas e faziam muito sucesso.

SPECTOR
Ana Paula e Gabriele


       Eduard Bloom visitou uma cidadezinha chamada Spector, onde havia um dos melhores poetas do mundo, mas que não conseguia achar a suas próprias rimas. Na entrada dessa cidade todas as pessoas que iam lá penduravam seus sapatos em uma corda, pois achavam que lá era o paraíso e de onde nunca mais deveriam sair.

O CLÍMAX DA HISTÓRIA
Igor, Emanuel

       William Bloom pega o seu pai no colo e coloca-o na cadeira de rodas levando-o até o elevador. Eles encontram Sandra e Josefine. Sandra, a mulher de Eduard Bloom, empurra o carrinho de medicamentos em cima do Dr.Benet para não permitir que o médico impeça a saída de Eduard . Eles descem de elevador, encontram um carro e entram nele. No meio do caminho aconteceu um acidente de carro, mas o amigo Karl, o gigante, abre caminho empurrando um carro pra fora da rua para eles passarem.Chegando no rio, Eduard Bloom encontra milhares de pessoas que fizeram parte das suas histórias; inclusive, todos o aplaudiam. Perto do rio ele encontra Sandra e entrega a ela a aliança de casamento. Logo depois é jogado no rio por William Bloom, seu filho, e transforma-se no peixe grande. Mas tudo isso aconteceu apenas na imaginação de Eduard, já que seu filho foi criando a morte imaginária do pai para que a morte tivesse algum encantamento, assim como todas as histórias cheias de detalhes que o pai contava.

O ROMANCE DE EDUARD BLOOM
Patrícia Goes

       Eduard Bloom leva o gigante para o circo, para ele ganhar fama. Após entregar o gigante para o circo ele vê uma moça loira e bonita. Imediatamente se apaixona e procura saber quem era aquela moça. O Amos Calloway, dono do circo, diz que não sabe quem era ela. Fala até que não precisa pagar um salário. Amos Calloway promete que cada dia que Bloom fizesse uma tarefa no circo, ele saberia um pouco dela.  “Ela gosta de narcisos” e outras coisas... Quando Eduard Bloom soube o suficiente sobre ela, resolve ir à procura da amada. Quando chega à sua porta fala do seu amor e que quer se casar com ela. Sandra era noiva de seu velho inimigo, mas isso não o incomodava, pois ele sabia que era com aquela mulher que ele se casaria.


CONFLITO DA HISTÓRIA CENTRAL: A INVESTIGAÇÃO DE WILLIAN BLOOM
Sara e Willian

       Willian Bloom quer seu pai seja mais verdadeiro e pare de contar histórias fantasiosas. Incomodado com as historias malucas do pai, Willian decide investigar o passado do pai para descobrir se as historias são todas verdadeiras ou se só passam de contações fantasiosas. Acaba descobrindo que as historias que ele conta não são totalmente fantasia, são contadas de modo tão especial que faz com que seus ouvintes se interessem mais por suas historias, e que escutem até o final. Nas histórias de Eduard Bloom o homem alto é transformado em gigante, as irmãs gêmeas são transformadas em gêmeas siamesas, uma senhora velha é transformada em bruxa do olho de vidro.


FANTASIA OU REALIDADE?
Patrícia Bayer

A maioria do que Eduard Bloom fala é detalhamento e isso faz com que às vezes não saibamos quando ele cria elementos fantasiosos ou quando ele fala fatos verdadeiros. Os contos de fadas são fantasiosos, mas há fatos que da vida familiar e das aventuras de Eduard Bloom . Tudo isso tem nesse filme, e isso faz com que nos interessemos e gostemos dele. Nesse filme vemos que a fantasia existe sim, mas há tantas formas de contá-la e se contarmos direitinho fica tudo junto: é misturando fantasia com possíveis fatos da realidade que as histórias ficam boas.

posted under |

4 comentários:

proibidoparameninos disse...

Adorei muito!
Queria que a minha professora fizesse algo parecido!

Jaciara disse...

Depois de ler os textos da galerinha, fiquei com mais vontade ainda de ver o filme.
Parabéns turma e parabéns professora!

Ana Paula Junkes disse...

Tb vou ver o filme agora... valeu a iniciativa profa! ;)

mundo dos famosos disse...

muito bom gente pareçe que o filme sera bom...

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Followers


Recent Comments