MOBILIDADE URBANA: transporte coletivo estará sempre na moda para o meio ambiente

Não apenas para as 7ªs que estão participando de um concurso de oratória cujo tema é mobilidade urbana, mas para todos que estão ligados em questões importantes da nossa sociedade.  

ENTENDA O QUE É MOBILIDADE URBANA COM O VÍDEO A SEGUIR:



FALANDO EM ORATÓRIA... MOÇADA,
ASSISTAM A ESSA CRIANÇA!




PRODUÇÃO TEXTUAL ♥

1º Parágrafo ♥- Afirmação inicial apresentando o fato a ser discutido: mobilidade urbana na cidade de Joinville. Apresentar três questões relacionadas à ausência de integração entre os meios de transporte: Questão A, Questão B, Questão C (Ausência de transporte coletivo de qualidade, acessível e seguro). No presente parágrafo você não explica as três questões, você apenas as cita.

2º Parágrafo ♥- Explanar a questão A.  (você escolhe sobre qual irá escrever) Argumente com índices, fatos, exemplos, comparações. Mostre exemplos de outras cidades ou países.

3º Parágrafo ♥- Explanar a questão B.  (você escolhe sobre qual irá escrever) Argumente com índices, fatos, exemplos, comparações. Mostre exemplos de outras cidades ou países.

4º Parágrafo ♥- Explanar a questão C: ausência de transporte coletivo de qualidade, acessível e seguro. É preciso citar, inclusive, questões ambientais (trabalhamos algumas questões em sala de aula com um jornalzinho, lembram?) Todos vocês anotaram várias medidas importantes a serem tomadas por uma empresa de ônibus que se interessa de fato com o meio ambiente.  É importante citar a necessidade do barateamento dos custos da tarifa para promover inclusão social.

5º  Parágrafo ♥- Apresentar soluções para o problema embasando seus argumentos a favor de uma qualidade de vida adequada nas cidades. Você deve pesquisar cidades-modelo, como por exemplo Curitiba e Fortaleza, cidades bem vistas com relação ao transporte coletivo que oferece aos seus habitantes.

----------------------------------------------------------------------------------------------------


AGORA, CÁ ENTRE NÓS.. 

 As cidades devem ser planejadas para os pedestres ou para os quatro rodas?


A cidade das bicicletas não ter ciclovias é uma comédia, não é?


Depois de saber que 10.000 carros foram comprados em Joinville no primeiro semestre de 2010 já podemos considerar Joinville a cidade dos carros..


Se nos países europeus tanta gente anda de bicicleta, por que não podemos mudar essa cultura de que todo mundo ganha tempo andando de carro?


E quanto ao pensamento "quem anda de carro é rico e quem anda a pé é pobre", não passou da hora de transformá-lo em pensamento ultrapassado?

---------------------------------------------------------------------------------------------------
PESQUISAS

Locomoção em Joinville  (IPPUJ, Junho de 2009)

Carros 32,76%
Ônibus 23,68%
A pé 23,12%
Bicicleta 10,74%

Problemas de Joinville

• Falta de ciclovias
• Corredores de ônibus
• Monopólio do transporte coletivo
• Preço abusivo das passagens de ônibus

Acidentes de trânsito

São a segunda maior causa de morte no Brasil, perdendo apenas para a desnutrição.

A cada 13 minutos ocorre uma morte por acidente de trânsito no Brasil.

**********************************************************************
SITES PARA PESQUISA

http://www.pmvc.com.br/v1/images/editor/images/file/Mobilidade%20Urbana_FINAL.pdf

http://www.ceftru.unb.br/pesquisa/Reestruturacao%20do%20Transporte%20Coletivo%20Urbano%20por%20Onibus%20um%20Modelo%20Funcional.pdf

http://www.onibusrecife.com.br/

http://www.oei.es/divulgacioncientifica/reportajes_086.htm

MOBILIDADE URBANA por Myllena (7ª 02)

        É um fator essencial para todas as atividades humanas. É um elemento determinante para o desenvolvimento econômico, para a qualidade de vida e até na inclusão social. Joinville está chegando ao limite do número de carros suportados pelas ruas. A cada 13 minutos ocorre uma morte por acidentes de trânsito no Brasil. Carro + álcool: uma combinação altamente perigosa.
       A falta de ciclovias causa desentendimento no trânsito, pois se não houver cilcovias os ciclistas andarão juntamente aos carros. A bicicleta é o mais econômico dos meios de transportes. Uma boa bicicleta custa em torno de $1.300,00, já um carro de boa qualidade custa pelo menos $20.000,00. Muita gente fala que Joinville é a cidade das bicicletas, mas se formos para a holanda mudaremos de ideia, pois lá a maioria da população só anda de bicicleta. Aqui no Brasil tem bastante trânsito de carros, lá na Holanda tem bastante trânsito de bicicletas; e bicicletas não poluem.
        Algumas pessoas acham que ter carro é um luxo, outras acham que se tiverem carro chegarão sempre mais rapidamente. E com isso vai aumentando cada vez mais o número de carros no Brasil. Assim surge os grandes "trânsitos" no Brasil e em vários outros países do mundo. Estas pessoas sempre pensam que ciclistas e pedestres são pobres.
        Um exemplo de transporte coletivo é em Curitiba. Lá tem canaletas do expresso, tubos para pegar ônibus, vários terminais de ônibus, ônibus articulados e ônibus biarticulados. Os governos devem deixar de ter medo de priorizar os ônibus. Os carros devem ser olhados por terceiro lugar como transporte coletivo porque primeiro vem a bicicleta, depois o ônibus e aí que vem o carro. Pedestes devem ter preferência na faixa de pedestres.
       Se usarmos ônibus, o custo diário seria em torno de 5 reais e após cinco anos esse valor seria de 9.000 reais. Um custo ainda alto para a população deixar de comprar carro. Para um transporte coletivo ser sustentavel, de qualidade e acessível precisa reduzir o impaco da poluição sonora, do solo e da atmosfera; precisa de mais bancos, câmeras, ventilação, mais linhas e por fim uma redução da passagem. Para isso, não pode deixar virar monopólio.

MOBILIDADE URBANA por Josiele (7ª 02)


        Entre tantos fatores da gestão urbana o que eu vejo que mais se destaca é a mobilidade, pois todos necessitam desse recurso.  Em uma grande cidade as pessoas se movimentam muito de onde moram para onde trabalham, estudam, compram e se divertem.  Se estes locais são distantes, logo se descartam os deslocamentos a pé ou de bicicletas, gerando  a necessidade do uso de transporte individual ou coletivo. Há muitos problemas que são vistos por milhares de cidadãos, como falta de ciclovias, congestionamentos e a desorganização urbanística, como por exemplo a falta de faixas e semáforos para pedestres.
        Para quem usa a bicicleta como principal meio de transporte, atravessar a cidade é um desafio: não há ciclovias na maioria das ruas da cidade.  Porém pedalar gera vários benefícios. Além de estar praticando exercícios, o uso desse veículo facilita a locomoção e colabora para a diminuição de poluentes na atmosfera.
       O congestionamento em Joinville é causado por 270 mil veículos em circulação. Tal número preocupa porque representa 70% de aumento nos últimos 07 anos e as ruas da cidade não foram planejadas para suportar tanto crescimento.
        Outro problema é a desorganização urbanística: quem anda a pé em Joinville sofre para atravessar ruas movimentadas, em especial no início da tarde. Mesmo quando muitos pedestres aguardam para atravessar, é difícil ver carros parando.  Quando o trânsito está mais lento, alguns se encorajam e atravessam na frente dos carros, que deveriam ser obrigados a parar diante da faixa de pedestres. Uma cidade exemplo seria aquela em que bastasse o pedestre colocar o pé na faixa e os carros imediatamente cedessem passagem, algo que é muito raro ver na nossa cidade.
        A Transtusa e a Gidion são as empresas responsáveis pelo transporte coletivo de Joinville há mais de 50  anos. Elas investem continuamente na preservação do meio ambiente, porém muitas coisas deveriam ser diferentes. Uma das ações que está mobilizando as duas empresas é o Projeto Ciclos, que tem o objetivo de poupar água e diminuir o Dióxido de carbono na cidade, o que é muito bom.
        Joinville recebe cerca de 10 mil turistas por mês, que são levados apenas para os locais organizados da cidade. E se os guias mostrassem a desorganização urbanística? Para melhorar o trânsito da nossa cidade, devemos nos esforçar. Não apenas nós, mas os governantes também que precisam criar uma infra-estrutura para auxiliar as empresas de ônibus e consequentemente todos os moradores.
        Devemos melhorar calçadas, escolher locais ideais para plantarmos árvores e plantas, evitar o uso do automóvel para o transporte individual, respeitar ciclofaixas. E o governo deve se preocupar em reforçar sinalização, criar novas faixas de pedestres, fazer mais corredores de ônibus, cobrar o respeito ao ciclista e ao pedestre, criar ciclovias, criar parcerias para diminuir as tarifas de ônibus. Assim teremos uma qualidade de vida maior.


APOCALIPSE por Jéssica (7a 02)

    As cidades brasileiras vivem um momento de crise na mobilidade urbana que exige uma mudança de padrão. São enfrentados muitos problemas como falta de ciclovias, por exemplo. Parece brincadeira a ''cidade das bicicletas'' faltando ciclovias. Mas não para por aí. A desorganização urbanística também é um problema grave: faltam faixas de pedestres, semáforos para pedestres, e claro, sem falar no congestionamento.
    Para quem usa a bicicleta como principal meio de transporte em Joinville, atravessar a cidade é um desafio. Não há ciclovias em ruas que ligam a zona sul à zona norte, situação que obriga os ciclistas a disputar espaço com os automóveis. Andar de bicicleta além de ser bom para a saúde é mais barato e não polui, o custo diário de andar de bicicleta fica em torno de R$ 1,83.
    Hoje, em Joinville já são mais de 270 mil veículos em circulação na cidade. Esses números preocupam porque representam um aumento que passa dos 70% nos últimos sete anos. E as ruas da cidade não foram planejadas para suportar tanto crescimento. Surgindo assim, o congestionamento.
     A desorganização urbanistica é um problema muito sério: faltam faixas de pedestres, corredores para ônibus, semáforos para pedestres. O transporte coletivo de Fortaleza é um exemplo, tanto em conforto quanto em preço (Ano inicio de 2007, a tarifa era de R$ 1,60) 
    A ausência de transporte coletivo de qualidade, acessível e seguro é também uma questão a ser falada. É preciso falar de questões ambientais e todos sabemos que o carro é a opção mais poluente. Além disso os custos para manter o carro ou até o ônibus são muitos altos.
   Considero que o desafio para agregar qualidade de vida em Joinville esteja associada às respostas estratégicas voltadas ao ambiente e a mobilidade urbana. Apostar numa nova cultura para a mobilidade urbana é um grande desafio mas temos que aceitá-lo para termos uma cidade menos congestionada e poluída, com mais verde e com transporte coletivo de qualidade, acessível e inteligente.

posted under |

12 comentários:

Jaciara disse...

Ótimo texto!

Jaciara disse...

Olá Milena,

Seu texto foi muito importante para eu trabalhar o assunto sobre mobilidade urbana com meus alunos da EJA. Eles gostaram muito e falaram que é bem informativo. Parabéns!

♫_Josy_e_Lety_♫ disse...

Nossa Professora.
Aquela menina do video me chocou muito..
O jeito que ela se expressou a cada palavra que dizia....uau...
Vou tentar ser melhor que ela!!
Hahaha..

Myllena disse...

-obrigada jaciara...

Professora Aline disse...

É preciso acreditar naquilo que é dito! Melhor ou pior, o que vocês fazem com os temas em pauta é puro exercício de cidadania. Bjo Josiele!

Jaciara disse...

Nossa, esses alunos da sétima estão escrevendo muito bem. Estou encantada!

Sheila disse...

Nossa!!! Que trabalhos lindos e que blog interessante, ameiiiiii.
Continue fazendo trabalhos lindos e interessantes!
Parabéns Aline.
bjs
Sheila

Gledson Silva disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
♫_Josy_e_Lety_♫ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
♫_Josy_e_Lety_♫ disse...

Por minha parte..eu autorizo..
Mas com umas condições que meu nome, minha serie e minha escola apareção no começo do texto.
Atenciosamente
Josiele Lopes

Jéssica disse...

Tudo bem, pode postá-lo sim! :D

Professora Aline disse...

Josiele, está falando como escritora famosa! Com tantas exigências o moço pode desistir.. hehe

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Followers


Recent Comments